Domingo, 4 de Maio de 2008

A ordem do Dragão

A ordem do Dragão

Símbolo da Ordem do Dragão

Simbolo da Ordem do Dragão

A Ordem do Dragão (Drachenorden, em alemão; Societas Draconistrarum, em latim) uma instituição parecida com as ordens cavalheirescas do tempo, baseada na Ordem de São Jorge (1318). Foi criada em 1408 pelo sacro imperador romano Sigismund (rei da Hungria) e sua rainha Bárbara Cilli, principalmente com o propósito de proteção para a família real. Em seu estatuto de a ordem também exige defender a cruz e batalhar contra seus inimigos, nesta época os Turcos. A ordem original tinha vinte e quatro membros da nobreza. Em 1431, Sigismundo chamou à Nuremberg quem ele considerou útil para formar alianças políticas e militares. Seu objetivo primário era iniciar o grupo na Ordem do Dragão. Um destes era Vlad (pai de Vlad o Empalador), um pretendente ao trono da Valáquia (parte agora da Romênia). A Ordem do Dragão adotou como seu símbolo em 1408 a imagem de um dragão circular com sua cauda enrolada em torno de seu pescoço. Vlad era orgulhoso deste símbolo e seus brasões incorporaram um dragão. Vlad adotou “Dracul” em seu nome. A “dracul” tem suas origens da palavra em latim “draco”, significando “O Dragão”. Seu filho Vlad (mais conhecido como Vlad o Empalador) usou o nome “Drácula” no contexto de “filho de Dracul” ou “filho daquele que foi membro da Ordem do Dragão”. Uma vez que foi usado como título de honra. A palavra “dracul”, entretanto, possuía um segundo significado (“diabo”) que foi aplicado aos membros da família Drácula por seus inimigos e possivelmente também por camponeses supersticiosos. Após o falecimento de Sigismundo em 1437, a Ordem do Dragão perdeu sua importância.


publicado por Roberta Vampire às 21:42
|
|
Paixão Drácula - Tudo sobre o Conde mais famoso do mundo só aqui!

hospedagem de site
Contador de acesso grátis